Filme: Hackers 2 – Caçada Virtual

4 05 2014

TakedownTítulo Original: Takedown
Gênero: Crime | Drama | Suspense
Duração: 91 min.
Ano: EUA – 2000
Distribuidora: Dimension Films, Millennium Films
Direção e Roteiro: Joe Chappelle, David Newman, Leslie Newman, John Danza and Howard A. Rodman

 

Este filme foi baseado no livro Takedown de John MarkoffTsutomu Shimomura. Há varias variações do nome do filme, mas utilizei “Hackers 2 – Caçada Virtual” pois é uma das mais conhecidas aqui no Brasil, mas não é, necessariamente, uma sequencia do filme Hackers de 1995.

Kevin Mitnick (Skeet Ulrich) é um hacker de computador. Não um simples hacker, que costuma invadir os computadores da escola para alterar suas notas.

Ele é um super gênio da informática, que conseguiu decifrar o código de acesso aos arquivos do FBI. Depois dessa desafiadora proeza, Kevin entra na lista dos mais procurados dos Estados Unidos.

Como capturar um suposto criminoso que usa o computador para cometer seus atos?
A resposta está no mais audacioso plano de captura já organizado pelo FBI, que utiliza a ajuda de outro gênio da informática, Tsutomu Shimomura (Russel Wong) para seguir pelo ciberespaço a trilha de informações deixadas por Kevin.

A caçada já começou.. Fonte: Youtube

O filme retrata como foi a prisão de Kevin Mitnick, um dos maiores hackers do mundo, mostrando como ele utilizada engenharia social e muito conhecimento em diversas áreas da computação para obter benefícios e informações sigilosas do governo. Um fato interessante apresentado no filme é que duas pessoas, que são hackers, estão em lados opostos, sendo que um trabalha para o governo e outro está a margem da sociedade, pois é  considerado um criminoso. Infelizmente, o termo hacker ainda é utilizado de maneira errônea pela mídia, que assimilam tal termo a criminosos e não a pessoas com muito conhecimento, que estudam a fundo tecnologias para criarem proteções e tecnologias paralelas.

A engenharia social de Kevin é assunto de muitos cursos de segurança da informação e em diversos livros, como o “A arte de enganar” de autoria do próprio Mitnick. Atualmente, após o período de reabilitação social, Kevin trabalha como consultor de segurança na Mitnick Security Consulting e esteve, em 2010, na Campus Party.

Recomendo, a quem interessar, que assistam  o filme para saber um pouco mais sobre a Caçada Virtual e que leiam artigos existentes na Internet relacionados a este filme.

 

Anúncios




Livro: Aprendendo a lidar com pessoas difíceis

23 03 2014

pessoas_dificeisLivro: Aprendendo a lidar com pessoas difíceis

  • 24 lições para transformar suas relações no trabalho

Autores: Dr. Rick Brinkman e Dr. Rick Kirschner

Editora: Sextante

Este livro é o 1º volume (total de 10) da Exame Você S/A e faz parte da coleção Desenvolvimento Profissional. Comprei essa coleção em 2011 e estou lendo aos poucos. Este é o terceiro livro da coleção que eu leio. Não estou escolhendo a ordem de leitura, apenas escolho aleatoriamente. Por isso, os volumes estão sendo apresentados no meu blog fora de ordem.

Pessoas difíceis são um desafio. Na melhor das hipóteses, elas tornam a nossa vida mais estressante e desagradável. Na pior, atrapalham a realização de projetos pessoais e a conquista de metas profissionais importantes.

Este livro mostra como extrair o melhor de pessoas problemáticas, mesmo quando elas exibem o pior de si mesmas. Apresentando técnicas eficazes e uma abordagem criativa, os autores ensinam o caminho das pedras – o aprendizado que pode ser extraído da convivência em grupo, apesar das diferenças – e os atalhos para impedir que as pessoas que o incomodam enfraqueçam seu desempenho no trabalho e na vida pessoal.

Este livro descreve diversos tipos de personalidades e é fácil identificar as pessoas com a qual convivemos diariamente. As lições apresentadas sobre como lidar com cada tipo de pessoas são muito boas, mas não basta ler o livro e achar que seu relacionamento com as pessoas melhorará imediatamente. Na minha opinião, deve-se identificar as personalidades e analisar a melhor maneira de trabalhar as lições do livro no dia a dia, pois não se pode mudar certas situações comportamentais de um dia para o outro.

Para mim, a melhor parte foi poder me identificar, descobrir como sou categorizado conforme as diversas descrições dos autores. Dessa maneira, posso mudar meu comportamento com as outras pessoas para conseguir ser mais agradável nas minhas atividades diárias. Recomendo este livro para profissionais que precisam liderar outras pessoas, já que ele aborda questões comportamentais no meio profissional.

Espero poder apresentar um novo livro em breve… Até lá!

Veja também:

Livro: Networking: Desenvolva sua carreira criando bons relacionamentos

Livro: Como se tornar mais organizado e produtivo





Resultado da 1ª Pesquisa de métricas para softwares de gerenciamento de incidentes – 2013

23 02 2014

pesquisaEstou devendo este post desde o ano passado, mas como muitas coisas mudaram do ano passado para este, acabei atrasando diversas coisas que eu havia planejado. 

Mas bom, antes atrasado do que não divulgar  resultado da 1ª Pesquisa de métricas para softwares de gerenciamento de incidentes – 2013 que realizei ano passado durante o desenvolvimento da minha monografia.

Para ter acesso ao relatório dos resultados, basta clicar aqui.

Para acessar as perguntas da pesquisa, basta clicar aqui.

Se você possui alguma dúvida, reclamação, sugestão ou interesse para a próxima, deixe seu comentário que eu vou entrar em contato com você.

Agradeço a todos que colaboraram dedicando seu tempo para responder a minha pesquisa e também a todos que se interessaram em ver este post. Com colaboração, poderei deixar esta pesquisa cada vez melhor e mais útil, pois este é um trabalho que pode influenciar, de alguma maneira, profissionais da área de TI.





Material de apoio para a Certificação COBIT® 5

16 02 2014

CobiT5Estes materiais foram cedidos gentilmente pelo Jaslan Florencio, que contribuiu com o relato de sua experiência na certificação COBIT® 5.

COBIT 5 – Toolkit da ISACA:

Mapa Mental

Simulado

Veja também:

Luzia Dourado | Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) & Concurso Público (este blog possui postagens bem interessantes)

Certificação COBIT® 5

Como “passei” no exame de certificação COBIT® Foundation

Como NÃO passei no exame de certificação COBIT® Foundation

Como passei no exame de certificação ISO27002

Como passei no exame de certificação ITIL®

COBIT® 5 Framework em Português





Certificação COBIT® 5

16 02 2014

CobiT5A ideia de fazer este post iniciou-se por meio de uma conversa com o Jaslan Florencio, que eu sou grato por ter disponibilizado o material utilizado nesta postagem. A conversa  começou nos comentários do postComo “passei” no exame de certificação COBIT® Foundation” e depois se estendeu para o e-mail, e eu resolvi utiliza-lá para auxiliar quem deseja fazer a certificação COBIT® 5 e não está encontrando material sobre o assunto. Segue abaixo a conversa:

Você fez algum curso preparatório para a certificação? Fez a prova em casa ou foi a um centro de exames?
Eu fiz a prova em uma credenciada da APMG aqui em Campinas/SP. Paguei pelo curso já com a prova de certificação que na época foi um preço bom, pois a cotação do dólar estava na faixa de R$1,95, mas agora você vai pagar algo em torno de 750 “Dilmas” para fazer só a prova de certificação.

O curso te proporcionou o conhecimento suficiente para realizar a prova?
Para ser bem sincero, o curso foi bem fraquinho. Desconfio seriamente que o professor nem era capacitado para tal função, mas por um lado foi bom, já que pude testar mais meus conhecimentos correndo atrás do conteúdo, não me dedicando somente as aulas em classe.

Encontrou material de qualidade para seus estudos?
Consegui sim um bom material para meus estudos, lendo alguns guias da própria ISACA. Inclusive, eles disponibilizam alguns guias de implementação que ajudam não só com a prova, mas no entendimento de todo o contexto e propósito do Cobit 5.

Como conseguiu o material?
Materiais (apostilas, dicas, simulados), são muito difíceis de se achar na Internet, porém encontrei materiais de algumas palestras que o pessoal da própria ISACA faz, explicando bem detalhadamente cada propósito do Cobit. Eu tenho uma leitura boa do idioma Inglês, então tomei como um desafio criar um mapa mental do Cobit 5, pegando os key points do Livro “Cobit 5 a business framework for the governance and management of enterprise IT” e inserindo no software FreeMind para criar um mapa mental. Achei de muito proveito para ajudar na fixação de alguns processos.

Você fez algum simulado antes da prova? Como foi seu desempenho?
Existe um simulado em Inglês no próprio site da APMG. Minha nota do simulado foi bem próxima a do exame.

Qual foi sua percepção em relação a prova (tempo, tamanho e dificuldade das questões, idioma)?
Quanto a dificuldades, acho que o fator crucial é o tempo da prova, pois é muito pouco tempo para se responder cada questão (menos de 1 minuto para cada questão). Além de ir bem preparado didaticamente, tem que ir bem preparado psicologicamente. Quanto mais calmo você estiver, melhor será aproveitado o tempo. Acho que nessa prova vale a dica básica: responda primeiro o que você tem certeza e depois volte nas questões que ficou em dúvida. Ficar parado muito tempo em uma questão pode consumir um tempo que você não tem, e complicar o restante da prova. Isso me prejudicou, tive que correr nas ultimas 4 questões pois tinha apenas 2 minutos.
Embora eu tenha um bom entendimento em Inglês, optei por fazer a prova em Português. Ouvi alguns amigos dizerem que a prova da ISACA em Português havia muitas diferenças da prova original, inclusive as siglas. Porém mesmo assim me arrisquei. Não encontrei grandes dificuldades para o entendimento dos conceitos em Português, na verdade achei até mais fácil.

Qual a sua dica para quem deseja obter a certificação COBIT® 5?
Acho que o fator chave para essa prova não é decorar somente os conceitos e processos, mas entender de uma forma geral o propósito do Cobit 5 para uma organização, entender bem os seus processos, o que cada um faz. Afinal essa prova tem algumas pegadinhas, na qual você poderá encontrar mais de uma alternativa certa, mas terá que escolher a “mais correta“.

Para obter os materiais de auto estudo disponibilizados neste post, clique aqui.

Veja também:

Material de apoio para a Certificação COBIT® 5

Como “passei” no exame de certificação COBIT® Foundation

Como NÃO passei no exame de certificação COBIT® Foundation

Como passei no exame de certificação ISO27002

Como passei no exame de certificação ITIL®

COBIT® 5 Framework em Português





Resumo do 2º semestre de 2013

12 01 2014

eventos2013Já faz algum tempo que eu não posto nada no meu blog, mas isto não significa que eu não esteja acompanhando as atividades por aqui. Bom, depois de um semestre muito tumultuado, agitado e bem desesperador, posso dizer que foi o que obtive os melhores resultados, a contar desde o inicio de 2010, quando ingressei na faculdade. E nada melhor do que relatar tudo de bom que aconteceu neste primeiro post de 2014.

Este foi o último semestre (8º período) do Bacharelado em Sistemas de Informação e, além de todas as disciplinas, eu tinha que desenvolver o tão temido TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Posso dizer que, apesar de todo o desespero, consegui obter média suficiente para aprovação sem exame, nas disciplinas normais. Em relação ao TCC, após ter obtido nota 10 no TCC 1, estava preocupado e achava que iria conseguir fazer um trabalho capaz de obter a média mínima para aprovação, mas felizmente consegui mais uma nota 10 para recompensar todas as noites em que fiquei acordado muito além do horário normal. Parte deste mérito foi graças a ótima orientação do profº Tadeu que, com muita paciência, mostrou-me o caminho certo a seguir.

Para não decair na produção acadêmica, foquei em alguns eventos e consegui os seguintes resultados:

Considerando toda a pressão do semestre, conseguir a aceitação destes artigos já foi bem gratificante.

Em breve, publicarei a versão final do meu TCC na área Sobre.

Agora, 2014, vou ao encontro de novos desafios, para por na prática o aprendizado obtido na faculdade e, algum dia, passar meu conhecimento adiante.

Um feliz 2014 à todos!





Sorteio de livro: Faça como Steve Jobs

29 09 2013

Faca como steve jobsSe você é gerente, coordenador ou líder de centro de suporte, Service Desk ou Help Desk, participe do sorteio do livro Faça como Steve Jobs e realize apresentações incríveis em qualquer situação.

Para concorrer basta participar da 1ª Pesquisa de métricas para softwares de gerenciamento de incidentes – 2013 clicando aqui. Não esqueça de informar seu nome e e-mail para contato. Assim que toda a pesquisa  for respondida, é só confirmar o envio das respostas e você estará concorrendo.

A pesquisa ficará disponível até as 23:59 do dia 04/10/2013 06/10/2013 e o sorteio será realizado através do  site Sorteios ONLINE no dia 07/10/2013, tendo seu resultado divulgado até as 23:59 do mesmo dia. Assim que o sorteio for realizado, um e-mail será enviado ao ganhador para que ele possa informar os dados para envio, que serão sem custo algum!

Atenção: O sorteio não ocorrerá caso a quantidade de pessoas participantes da pesquisa seja inferior a 20.

Conto com a sua participação!

Sobre o livro:

Faça como Steve Jobs e realiza apresentações incríveis em qualquer lugar.

Autor: Carmine Gallo

Editora: Lua de Papel

Páginas: 256

Cativar o público durante uma apresentação de produto é o momento crucial que define o sucesso ou o fracasso de um projeto que consumiu meses de trabalho. Por isso, empresários do mundo inteiro procuram se espelhar no CEO que mais causa admiração ao falar em público: Steve Jobs. Dono de um estilo vigoroso e direto, seu carisma e poder de convencimento muitas vezes são atribuídos a influências sobrenaturais, mas o processo é extremamente natural, e agora as técnicas podem ser acessadas por todas as pessoas.

Ao revelar o método das apresentações de Steve Jobs, Carmine Gallo mostra que não há segredos. Por meio de uma análise da estrutura das famosas palestras do líder da Apple, o autor oferece técnicas simples com as quais qualquer pessoa pode conquistar seu público, seja qual for o seu produto, transformando consumidores em defensores fiéis de suas ideias.
Em Faça como Steve Jobs , o especialista em comunicação Carmine Gallo esclarece o magnetismo do líder mais admirado do mundo, destrinchando cada momento de suas apresentações em técnicas simples que você pode aplicar imediatamente.

Retirado do site Americanas.com


Adicionado no dia 07/10 as 21:45

Infelizmente a pesquisa não alcançou a quantidade de participantes que foi estipulada para que o sorteio fosse realizado. Mas como os poucos que participaram deram uma grande contribuição para o meu trabalho, deixando diversos comentários enriquecedores, decidi sortear o livro mesmo assim.

Como estava definido que os dados dos participantes ficariam em sigilo, utilizei as iniciais dos nomes que foram cadastrados no formulário da pesquisa para realizar o sorteio, já que as iniciais dos nomes dos participantes não coincidiam. Ordenei a lista das iniciais em ordem alfabética crescente e realizei o sorteio através do site Sorteios ONLINE, as 21:36.

Clique aqui para ver a lista com as 14 iniciais dos nomes dos participantes e aqui para conferir o resultado do sorteio.

O vencedor M K será contactado através do e-mail cadastrado no formulário para que o livro seja entregue a ele.

Agradeço a todos que participaram da 1ª Pesquisa de métricas para softwares de gerenciamento de incidentes – 2013





1ª Pesquisa de métricas para softwares de gerenciamento de incidentes – 2013

23 09 2013

pesquisa

SE VOCÊ TEM INTERESSE EM PARTICIPAR DA PRÓXIMA EDIÇÃO DA PESQUISA, INFORME SEU EMAIL PARA SER COMUNICADO ASSIM QUE A PESQUISA INICIAR.

__________________________________________________

Esta pesquisa é destinada à gerentes, coordenadores ou líderes de centros de suporte, independente do tipo e porte da empresa.
Nesta pesquisa você encontrará 45 questões divididas em 41 páginas, sendo que sua finalidade é identificar as métricas para softwares de gerenciamento de incidentes, que são mais relevantes para o mercado.

As métricas apresentadas nesta pesquisa, foram concebidas após um estudo das principais métricas presentes nos softwares de gerenciamento de incidentes mais utilizados pelas empresas participantes da Pesquisa de Melhores Práticas de Centros de Suporte (2011 – 2012), da HDI Brasil.

O resultado desta pesquisa será utilizado pelo seu criador em seu trabalho de conclusão de curso.

As informações de contato, que serão solicitadas, serão mantidas em confidencialidade e servem para dar validade a pesquisa, não sendo divulgadas publicamente em hipótese alguma.

Responda este questionário baseando-se nas necessidades atuais da sua empresa, e não em possíveis necessidades futuras ou desejos de melhorias. Peço que suas respostas sejam verdadeiras e confiáveis, pois serão utilizadas em um estudo sério.

Este questionário ficará disponível até as 23:59 do dia 04/10/2013 06/10/2013. Participando, você concorrerá ao sorteio de um livro!

Agradeço pelo seu interesse em participar.

Clique aqui para acessar a pesquisa.

Adicionado em 07/10/2013:

A pesquisa foi encerrada pois seu prazo chegou ao fim.

Obrigado a todos que participaram e que demonstraram interesse!





Livro: Empreendedorismo para Computação

27 07 2013

Empreendedorismo para computaçãoEmpreendedorismo para Computação

  • Criando negócios de Tecnologia

Autor: Roberto Ferrari

Editora: Elsevier – Campus

Nesta obra o autor, alinhado com as diretrizes do currículo base da SBC, apresenta o empreendedorismo com foco nos negócios tecnológicos. Desde a atitude empreendedora até os meios de financiamento do negócio nascente são cobertos pelo livro. As particularidades inerentes ao tema, como patentes e direitos autorais, são extensamente discutidos para que os estudantes entendam os mecanismos disponíveis para proteção de seus inventos. O Plano de Negócio é descrito de maneira aprofundada e estão disponíveis slides no site da editora.” (Texto retirado do site da editora)

O autor escreveu este livro para que sirva como guia de empreendedorismo para pessoas e profissionais independentes e, principalmente, para estudantes. O livro apresenta capítulos bem organizados, que trazem propostas de atividades individuais e/ou em grupos e exercícios, que favorecem o entendimento e fixação do conteúdo.

O autor inicia falando sobre empreendedorismo, contando “A Lenda do Velho sem Nome”. Depois, apresenta a diferença entre investir em um negócio de tecnologia e em uma lanchonete ou quiosque de sucos na praia. O autor criou, também, cases de empreendedorismo para exemplificar os conteúdos abordados, que vão evoluindo com o passar dos capítulos. Mais ao fim, ele apresentou algumas questões legais que todo o empreendedor deve conhecer, como a questão de marcas e patentes e algumas leis que são interessantes para negócios de tecnologia. O último capítulo, intitulado “O que é um bom negócio?” deixa ao leitor uma reflexão sobre todos os capítulos anteriores, para que seja possível, então, que o mesmo conclua se o melhor é investir e trabalhar com tecnologia ou sucos e lanches.

Compre o livro no site da editora clicando aqui.

Veja um pouco do livro através do Google Books clicando aqui ou adquira pelo Google Play clicando aqui.

Visite o blog do livro clicando aqui.





Como “passei” no exame de certificação COBIT® Foundation

19 07 2013

CobiTAproveitando que estou de férias, resolvi fazer a prova de certificação do COBIT® pela segunda vez (veja aqui como reprovei da primeira vez). Apesar de já estar sendo aplicada a certificação da versão 5, eu fiz a da 4.1, pois esta é a versão deste framework o que está mais difundida entre as empresas, e levará um tempo considerável para as empresas migrarem da versão 4.1 para a versão 5. Neste post vou apresentar o  COBIT®, vou falar do curso que fiz, dos simulados e da prova.

COBIT®

Segundo Fagundes, o COBIT® é um guia para a gestão de TI recomendado pelo ISACF (Information Systems Audit and Control Foundation, http://www.isaca.org). O COBIT® inclui recursos tais como um sumário executivo, um framework, controle de objetivos, mapas de auditoria, um conjunto de ferramentas de implementação e um guia com técnicas de gerenciamento. As práticas de gestão do COBIT® são recomendadas pelos peritos em gestão de TI que ajudam a otimizar os investimentos de TI e fornecem métricas para avaliação dos resultados. O COBIT® independe das plataformas de TI adotadas nas empresas. (http://www.efagundes.com/artigos/COBIT.htm)

Para Pinheiro, a disciplina Governança de TI e o modelo COBIT® interessam aos profissionais que participam de auditoria em sistemas de informação, implantam e gerenciam processos de TI. Esta não é uma certificação muito indicada para profissionais técnicos, é uma certificação endereçada mais aos profissionais na área de gestão de TI. Se você não está envolvido ou não pretende atuar em alguma função gerencial ou de qualidade de processos, certamente esta certificação não irá ajudar sua carreira. (http://tiexames.com.br/curso_GOV_TI.php#FAQ)

Curso

A licença que adquiri para o curso tem o prazo de um ano, ou seja, eu assisti novamente o mesmo curso que já havia feito no inicio do ano, para relembrar de todos os conceitos. O curso em questão é o preparatório da TIEXAMES. É um curso com carga horária de 16 horas e aborda o conteúdo para a certificação da versão 4.1 do COBIT®, sendo que o curso oferece módulos extras de migração para o COBIT® 5, com uma carga horária total de 4 horas. Desta forma, é possível conhecer a nova estrutura do framework.

Além de falar sobre a estrutura do COBIT®, o curso aborda diversos conceitos da governança de TI de outros modelos relacionados com a Governança de TI (ITIL V3, ISO/IEC 38500, ISO/IEC 20000, ISO/IEC 27001, PMBOK, PRINCE2, CMMI) pois, na prova de certificação, podem cair perguntas sobre os conceitos apresentados.

Simulados

Volto a afirmar que achei este curso mais complicado que o de ITIL e ISO27002, pois se trata de um assunto voltado para gestores e, como sou da área técnica, acabei ficando um pouco perdido em certos momentos do curso. Ao terminar todos os módulos, iniciei a leitura do material complementar sugerido pelo instrutor. Assim que revisei tudo, iniciei os simulados. Fiz os 4 simulados de 40 questões cada na mesma tarde em que fiz o exame. Consegui um bom desempenho nos simulados, o que me deixou confiante para fazer a prova.

Certificação

A prova de certificação  COBIT® 4.1 Foundation custa U$150,00 e consiste em 40 questões, sendo necessário acertar no mínimo 28 (70%) para obter a aprovação. O exame pode ser realizado em até 60 minutos e é 100% online. Não é necessário ir até um centro de exames credenciado, pois a ISACA oferece esta facilidade onde o candidato escolhe a melhor data e horário para realizar a prova, seja durante um fim de semana ou feriado. Também não há mais a exigência de um proctor (pessoa responsável por acompanhar o exame para certificar que o candidato não está trapaceando).

Assim que eu comprei a prova, o acesso foi liberado imediatamente. Iniciei o exame com menos nervosismo do que da primeira vez, mas ainda estava preocupado pois se ocorresse algum tipo de pane com a rede elétrica, com a Internet ou até mesmo com meu computador, a prova seria perdida e eu só poderia realizar uma nova prova efetuando uma nova compra. Mais uma vez utilizei o recurso de revisão, onde eu posso marcar as questões que tenho dúvida para revisar ao fim da prova (se houver tempo disponível). Marquei umas 10 questões para revisão e após ter revisado e alterado algumas respostas,  vi que faltavam menos de 10 minutos minutos para o fim e finalizei o exame. Desta vez, para minha surpresa, a minha nota final foi 80% e eu consegui a aprovação.

Um pouco sobre a prova COBIT® 5

A certificação COBIT® 5 está sendo feita pela APGM International. São oferecidos 3 níveis de certificação:

  • Foundation;
  • Implementação;
  • Avaliador.

A prova de certificação do nível Foundation é no formato de múltipla escolha. A prova contém 50 perguntas sendo necessário acertar 25 ou mais respostas (>50%) para a aprovação. O teste deve ser completado dentro de 40 minutos e é sem consultas. Este exame não tem pré-requisito. O valor da prova com o proctor remoto é de U$260,00 e, em um centro Pearson-VUE, é de U$295,00. O exame está disponível nos seguintes idiomas:
Inglês, Alemão, Espanhol (Latino-Americano) e Português (Brasileiro).

Desejo sorte para quem for tentar a certificação!

Até a próxima!

Veja também:

Material de apoio para a Certificação COBIT® 5

Certificação COBIT® 5

Como NÃO passei no exame de certificação COBIT® Foundation

Como passei no exame de certificação ISO27002

Como passei no exame de certificação ITIL®

COBIT® 5 Framework em Português








%d blogueiros gostam disto: